08/03/2017

8 on 8 - Arte de Rua


Cá estou eu, tirando as teias de aranha do blog porque afinal é dia 8 e dia 8 é mais que sagrado porque é dia de Projeto Fotográfico. Yay! O tema desse mês é Arte de Rua e confesso que, mais uma vez, foi um dos mais complicados para esta pessoa que vos escreve pelo simples motivo de: eu não saio de casa, e só se fotografa arte de rua na rua (eu, hein). Além disso, morro de medo de ser assaltada e a distração enquanto se tira uma foto parece a hora perfeita para pessoas má intencionadas levarem facilmente nossos pertences que não compramos com a mesma facilidade e sim com muito suor. Estava pensando seriamente em arregar e não postar o desafio esse mês. Porém, contudo, todavia... eis que o professor do cursinho passa um trabalho com o objetivo de registrarmos Arte Urbana pelas ruas de nossa cidade. Coincidência, não?!

Não tive escapatória.

Mas ocorreu tudo bem. Chamei meu pai para me acompanhar (ele foi meu guarda-costas, hehe) e em um domingo agradável passeamos pelo centro de Belo Horizonte (Minas Gerais) e fotografei bastante, tanto que foi bem difícil escolher apenas 8 fotos. Bem, arte é algo bem amplo. A arte de Rua engloba grafites, como já é de praxe, mas vai além disso. É qualquer forma de expressão permitida e que não fira os patrimônios públicos e privados (portanto exclua pixações da lista) e que não segue o padrão da cidade, ou seja, se destaque ali. Dança, música, atuação, etc, pelas ruas  também são exemplos de arte de rua. Dito isso, bora ver as  fotos!


Grafite próximo à Praça da Estação, em Belo Horizonte.


Estátuas humanas bem simpáticas na Feira Hippie (que acontece todo domingo na Av. Afonso Pena em frente ao Parque Municipal de Belo Horizonte - aí está mais dois lugares para não deixar de ir caso venha para BH). Eu fiquei alguns minutos observando-as e me impressionei com a quantidade de pessoas que parava para assistir, tirar fotos e colocar algum dinheiro para eles. E sempre que isso acontecia, as "estátuas" se mexiam e se exibiam, fazendo uma festa com a pessoa que colaborou. Bem legal.


Grafite na Rua dos Aimóres cortando com a Rua da Bahia, em Belo Horizonte.


Desenhista também na já citada na Feira Hippie.



Dançarinos de HipHop na Feira Hippie.


Grafites na Rua da Bahia (que é enooooorme). Eu amei essa foto. Por ter dois grafites e uma loja no meio causou-me a impressão de arte urbana mesmo. E a forma como tudo casa, combina, parece quase proposital.


Menininha assistindo grupo de dança na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte.


Dois murais e uma quaresmeira em flor na Rua Gonçalves Dias, em Belo Horizonte. Muita arte para uma foto.

////////////////////////////////////////

Visite os blogs que estão participando conosco e descubra como cada blogueira interpretou o tema do mês!

O tema anterior foi Do Alto. Não viu? Confira clicando aqui!

Beijocas e até a próxima!

2 comentários:

  1. Que lindo!! Gostei muito das fotos, nunca tive a oportunidade de ver estátuas humanas, mas espero poder ver um pouco da arte de rua um dia!

    Acordei Cinderela

    ResponderExcluir
  2. As fotos ficaram lindas demais, amei :D sou louca por grafite quando fiz aula de hip hop aprendemos um pouco e aprendi a apreciar ainda mais.
    Amei os posts, as fotos e o blog.

    ResponderExcluir